Para quem está longe, mas não esquece a Região
08 de Janeiro de 2009

O grupo Espírito Santo vendeu a um fundo internacional de investidores todas as unidades hoteleiras, bem como as termas, reservas de caça e outras propriedades, que detém em Monfortinho, Concelho de Idanha-a-Nova.

Segundo o responsável pelos negócios que o grupo português detem nesta localidade, António Salgado, esta venda não se traduz num abandono do banco em Monfortinho, mas antes um reforço.

De recordar que está prevista a ampliação dos hotéis detidos pelo grupo Espírito Santo, bem como a construção de um campo de golf.

Projectos estes que, segundo ainda António Salgado, não são para deixar caír por terra mas antes, poderão até ganhar novo folego.

"Com mais gente a investir até pode ser mais fácil tornar reais estes projectos", reiterou o responsável.

António Salgado garantiu ainda que não se prevêem despedimentos e a administração dos espaços vai também manter-se.

publicado por incastelobranco às 21:48

Foi publicado em Diário da República a decisão tomada em Conselho de Ministros que viabiliza a construção de uma prisão masculina, construída de raíz, na cidade de Castelo Branco.

A prisão já tem um terreno disponibilizado que se localiza na estrada que liga esta capital de distrito e o concelho de Proença-a-Nova.

Cerca de 25 milhões de euros é a verba prevista para se destinar a esta construção.

A cadeia terá capacidade para acolher 300 reclusos.

A obra tem que estar terminada até 2011.

De recordar que Castelo Branco teve já dois estabelecimentos prisionais, um masculino e outro feminino.

No ano passado o estabelecimento masculino ficou inactivo, tendo os reclusos sido transferidos para o estabelecimento central, onde se encontravam as mulheres que, entretanto foram distribuídas por outros estabelecimentos prisionais.

A autarquia albicastrense acaba de comprar o estabelecimento prisional central, que foi outrora o Convento de Santo António, pelo valor de cinco milhões e 81 mil euros.

Ao que se destinará este espaço, continua no segredo da Câmara.

publicado por incastelobranco às 21:35

O juíz responsável pelo processo do acidente ocorrido a 4 de Novembro de 2007, na auto estrada A23, entre um autocarro de alunos da Universidade Sénior de Castelo Branco e um veículo ligeiro, onde morreram 17 pessoas, vai voltar a reconstituir o acidente.

Para isso acaba de requerer o encerramento desta via, no troço onde tudo ocorreu.

a acção está marcada para o dia 20 de Fevereiro entre as10 e as 12 horas.

Em concreto, o magistrado pretende reconstituir o momento que antecedeu o acidente, para melhor perceber o que levou ao descontrole do veículo ligeiro.

Será utilizado um autocarro com dimensões identicas à do envolvido no acidente, tal como um veículo ligeiro, também identico ao original.

A operação vai envolver os destacamentos de Trânsito da GNR, Brigada de Trânsito de Castelo Branco e Abrantes, a concessionária da A23, Scutvias, e o Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), que irá contribuir com o autocarro emprestado.

Poderão ainda ser ouvidas, novamente, as testemunhas do acidente, bem como os técnicos envolvidos.

 

publicado por incastelobranco às 21:21
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
18
19
20
26
27
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
Muito Bom post! Sou um Verdadeiro fã de antiguidad...
Bela iniciativa....
É um escândalo!O pessoal do instituto de emprego e...
hola keria saber si el forum se abre tambien los d...
SUGESTÕES PARA AS VOSSAS CONCEITUADAS FESTAS 2011:...
MUITO BEM SR. DR. HUGO.ESTÁ DE PARABENS. A SOCIEDA...
E o cartaz de Monforte da Beira nas festas de Agos...
Fígado On Tour 2010 vai estar em Castelo Branco no...
Parabéns por essa excelente iniciativa! Venho deix...
Muito boa noite. O meu e-mail é ines_m_monica@hotm...
blogs SAPO